PERFIL


Leandro Dias; estudante; poeta devez(enquando)






LINKS
- Oxente Salvador
- Crônicas à Mesa Posta
- Porta Curtas
- My Hiding Place
- EraOdito
- Nada por Mim



VOTAÇÃO

- Dê uma nota para o meu blog
- Indique este blog


CONTADOR

HISTÓRICO

- 21/11/2010 a 27/11/2010

- 25/07/2010 a 31/07/2010

- 27/06/2010 a 03/07/2010

- 09/05/2010 a 15/05/2010

- 25/04/2010 a 01/05/2010

- 14/02/2010 a 20/02/2010

- 03/01/2010 a 09/01/2010

- 20/12/2009 a 26/12/2009

- 13/12/2009 a 19/12/2009

- 22/11/2009 a 28/11/2009

- 01/11/2009 a 07/11/2009

- 04/10/2009 a 10/10/2009

- 06/09/2009 a 12/09/2009

- 23/08/2009 a 29/08/2009

- 19/07/2009 a 25/07/2009

- 12/07/2009 a 18/07/2009

- 14/06/2009 a 20/06/2009

- 31/05/2009 a 06/06/2009

- 24/05/2009 a 30/05/2009

- 26/04/2009 a 02/05/2009

- 05/04/2009 a 11/04/2009

- 29/03/2009 a 04/04/2009

- 22/03/2009 a 28/03/2009

- 15/02/2009 a 21/02/2009

- 08/02/2009 a 14/02/2009

- 01/02/2009 a 07/02/2009

- 25/01/2009 a 31/01/2009

- 11/01/2009 a 17/01/2009

- 28/12/2008 a 03/01/2009

- 21/12/2008 a 27/12/2008

- 14/12/2008 a 20/12/2008

- 30/11/2008 a 06/12/2008

- 23/11/2008 a 29/11/2008

- 02/11/2008 a 08/11/2008

- 26/10/2008 a 01/11/2008

- 05/10/2008 a 11/10/2008

- 21/09/2008 a 27/09/2008

- 14/09/2008 a 20/09/2008

- 07/09/2008 a 13/09/2008

- 17/08/2008 a 23/08/2008

- 10/08/2008 a 16/08/2008

- 27/07/2008 a 02/08/2008

- 13/07/2008 a 19/07/2008

- 29/06/2008 a 05/07/2008

- 22/06/2008 a 28/06/2008

- 18/05/2008 a 24/05/2008

- 13/04/2008 a 19/04/2008

- 30/03/2008 a 05/04/2008

- 16/03/2008 a 22/03/2008

- 02/03/2008 a 08/03/2008

- 17/02/2008 a 23/02/2008

- 27/01/2008 a 02/02/2008

- 20/01/2008 a 26/01/2008

- 13/01/2008 a 19/01/2008

- 23/12/2007 a 29/12/2007

- 16/12/2007 a 22/12/2007

- 02/12/2007 a 08/12/2007

- 18/11/2007 a 24/11/2007

- 11/11/2007 a 17/11/2007

- 14/10/2007 a 20/10/2007

- 30/09/2007 a 06/10/2007

- 23/09/2007 a 29/09/2007

- 09/09/2007 a 15/09/2007

CRÉDITOS




Minha Lua

 

 

Oh! Lua cor de prata.

Ilumina minha casa

Minha lua vizinha

Fico imaginando você

Neste negro céu, sozinha

Que nem as estrelas miúdas

Consegue lhe animar

Mas sempre lhe espero aparecer

Para simplesmente te olhar.

 

Quando ficas Minguante

Dá uma tristeza imensa

Pareces estar calada

Sem brilho, sem cor, isenta.

 

Quando ficas Nova

Põe roupa diferente

E sai por aí a passear

Não sabe se triste ou contente.

 

Quando ficas Crescente

Empolga-se em reaparecer

Numa ansiedade recorrente

Para que todos possam a ver.

 

Quando ficas Cheia

Nem se fala

Sorri bastante

Reluzente e prateada

 

Oh! Lua cor de prata.

Venha deitar-se comigo

E lhe farei minha namorada.

E lhe prometo

Deixar-lhe sempre apaixonada.

 

Leandro Dias



- Postado por: Leandro às 21h19
[ ] [ envie esta mensagem ]